Blogção, o Blog do Mição

www.blogcao.mition.net / www.mition.net

Profeta Gentileza

Posted by Mição em 16/agosto/2008

Fonte: Wikipedia, a enciclopédia livre

José Datrino, chamado Profeta Gentileza, (Cafelândia, São Paulo, 11 de abril de 1917 – Mirandópolis, São Paulo, 29 de maio de 1996) tornou-se conhecido a partir de 1980 por fazer inscrições peculiares sob um viaduto no Rio de Janeiro, onde andava com uma túnica branca e longa barba.

Nascido em CafelândiaSP, no dia 11 de abril de 1917. Com mais nove irmãos, José Datrino teve uma infância de muito trabalho, na qual lidava diretamente com a terra e com os animais. Para ajudar a família, puxava carroça vendendo lenha nas proximidades. O campo ensinou a José Datrino a amansar burros para o transporte de carga. Tempos depois, como profeta Gentileza, se dizia “amansador dos burros homens da cidade que não tinham esclarecimento”. Desde sua infância José Datrino era possuidor de um comportamento atípico. Por volta dos doze anos de idade, passou a ter premonições sobre sua missão na terra, na qual acreditava que um dia, depois de constituir família, filhos e bens, deixaria tudo em prol de sua missão. Este comportamento causou preocupação em seus pais, que chegaram a suspeitar que o filho sofria de algum tipo de loucura, chegando a buscar ajuda em curandeiros espirituais. Passando sempre o que aprendia a seus amigos.

No dia 17 de dezembro de 1961, na cidade de Niterói, houve um grande incêndio no circo “Gran Circus Norte-Americano“, o que foi considerado uma das maiores tragédias circenses do mundo. Neste incêndio morreram mais de 500 pessoas, a maioria, crianças. Na antevéspera do Natal, seis dias após o acontecimento, José acordou alegando ter ouvido “vozes astrais”, segundo suas próprias palavras, que o mandavam abandonar o mundo material e se dedicar apenas ao mundo espiritual. O Profeta pegou um de seus caminhões e foi para o local do incêndio. Plantou jardim e horta sobre as cinzas do circo em Niterói, local que um dia foi palco de tantas alegrias, mas também de muita tristeza. Aquela foi sua morada por quatro anos. Lá, José Datrino incutiu nas pessoas o real sentido das palavras AgradecidoGentileza. Foi um consolador voluntário, que confortou os familiares das vítimas da tragédia com suas palavras de bondade. Daquele dia em diante, passou a se chamar “José Agradecido“, ou simplesmente “Profeta Gentileza”.

Após deixar o local que foi denominado “Paraíso Gentileza”, o profeta Gentileza começou a sua jornada como personagem andarilho. A partir de 1970 percorreu toda a cidade. Era visto em ruas, praças, nas barcas da travessia entre as cidades do Rio de Janeiro e Niterói, em trens e ônibus, fazendo sua pregação e levando palavras de amor, bondade e respeito pelo próximo e pela natureza a todos que cruzassem seu caminho. Aos que o chamavam de louco, ele respondia: – “Sou maluco para te amar e louco para te salvar“.

A partir de 1980, escolheu 56 pilastras do Viaduto do Caju, que vai do Cemitério do Caju até a Rodoviária Novo Rio, numa extensão de aproximadamente 1,5km. Ele encheu as pilastras do viaduto com inscrições em verde-amarelo propondo sua crítica do mundo e sua alternativa ao mal-estar da civilização. Durante a Eco-92, o Profeta Gentileza colocava-se estrategicamente no lugar por onde passavam os representantes dos povos e incitava-os a viverem a gentileza e a aplicarem gentileza em toda a Terra.

Auto-retrato do Profeta Gentileza (intervenção urbana na zona portuária do Rio de Janeiro)

Auto-retrato do Profeta Gentileza (intervenção urbana na zona portuária do Rio de Janeiro)

Em 29 de maio de 1996, aos 89 anos, faleceu na cidade de seus familiares, onde se encontra enterrado, no “Cemitério Saudades”.

Com o decorrer dos anos, os murais foram danificados por pichadores, sofreram vandalismo, e mais tarde cobertos com tinta de cor cinza. O apagamento das inscrições foi criticado e posteriormente com ajuda da prefeitura da cidade do Rio de Janeiro, foi organizado o projeto Rio com Gentileza, com o objetivo restaurar os murais das pilastras. Começaram a ser recuperadas em janeiro de 1999. Em maio de 2000, a restauração das inscrições foi concluída e o patrimônio urbano carioca foi preservado.

No final do ano 2000 foi publicado pela EdUFF (Editora da Universidade Federal Fluminense) o livro Brasil: Tempo de Gentileza, de autoria do professor Leonardo Guelman. A obra introduz o leitor no “universo” do profeta Gentileza através de sua trajetória, da estilização de seus objetos, de sua caligrafia singular e de todos os 56 painéis criados por ele, além de trazer fatos relacionados ao projeto Rio com Gentileza e descrever as etapas do processo de restauração dos escritos. O livro é ricamente ilustrado com inúmeras fotografias, principalmente do profeta e de seus penduricalhos e painéis. Além de fotos do próprio profeta Gentileza trabalhando junto a algumas pilastras, existem imagens dos escritos antes, durante e após o processo de restauração.

Em 2001, foi homenageado pela escola de samba Acadêmicos do Grande Rio.

Em Conselheiro Lafaiete, cidade do interior de Minas Gerais há um amplo trabalho, feito pela ONG AMAR, que dá continuidade ao trabalho do Profeta Gentileza.

Foram desenvolvidas oficinas, com jovens da cidade, onde foi possível repassar as técnicas de mosaico.

Além disso, um grande muro, no bairro São João, recebeu uma linda aplicação de mosaico. E a praça São Pedro, no bairro Albinopólis foi toda decorada seguindo o exemplo do Profeta Gentileza.

Links Relacionados:

Gentileza Gera Gentileza

.

.

=======================================
Links Patrocinados

eShop Mition.Net
Aqui o cliente vira empreendedor
http://www.eshopmition.net

Rastreador GPS
Proteção para seu veículo via Satélite
http://www.rastreadorgps-eshop.mition.net

Desconto-OnLine
50 a 90% de descontos em sua cidade.
Cadastre-se gratuitamente.
http://www.desconto-online.mition.net

Oportunidade$ Imperdívei$

11 Respostas to “Profeta Gentileza”

  1. Muito oportuna essa matéria sobre o Profeta Gentileza.Ele é, de certo modo, o nosso Buda. Um Buda urbano, pós-moderno.Bom que fosse mais divulgado, nas escolas, inclusive.

  2. Agenor Neto said

    Sou compositor, e compus uma canção para o profeta. Gostaria de saber do interesse dos senhores em ouví-la e quem sabe…..Vinculá-la ao site ou coisa assim.
    Aguardo contato

  3. Mição said

    Prezado Agenor Neto

    Será uma honra vincular sua música ao artigo.

    Estou aguardando sua URL.

    Abs Fraternais

    Mição

  4. Daniel said

    Show De Bola ! ! !
    Seu Trabalho É Digno De Reconhecimento Público ! ! !

  5. Yasmin Dias said

    Seu trabalho é show ..
    Me expiro muito nele.

  6. jose nilo said

    De fato foi uma pessoa muito importante e de uma grande riqueza espiritual,capaz de tocar o homem ,uma vez que se permita deixar que suas palavras toquem o coraçao de quem as lê e fazendo com que as mesmas voltem-se para dentro

  7. Letícia de Jesus Sélis said

    Encantada!!!linda a vida dele,se amassemos ao próximo 1/3 do que ele amou…nosso mundo seria muito diferente!
    Vamos respeitar as diferenças sejam elas quais forem…e pregar o amor!”AMOR PALAVRA QUE LIBERTA…JÁ DIZIA O PROFETA”

  8. wilson alves moreira said

    Wilson Alves mg

    esse gentileza e uma das mais lindas viguras que ja surgiu nesse pais de guerras urbanas.Quando sera que vai surgir outro gentileza so que não vira de tunica e sim de colete balistico.

  9. Margarida said

    Eu me lembro desse profeta, embora eu fosse criança na época, eu morava em Ouro Preto, e um dia estava na Praça Tiradentes com minha mãe, quando nós vimos ele falando palavras bonitas e gentis.Nunca mais tive noticias dele, mas agora por coicidência achei essa página.que legal.

  10. Olá!
    Gostaríamos de agradecer pela referência ao “Projeto Gentileza”, que desenvolvemos em Conselheiro Lafaiete, MG.
    No entanto, o link “ONG AMAR” está erroneamente vinculado a outro site que não é o nosso. Gentileza substituí-lo por http://www.projetogentileza.xpg.com.br . Para mais informações: amarpontodecultura@gmail.com ou (31) 8672-2066.
    Obrigado! Abraços!
    Hélcio Queiroz, coordenador do “Projeto Gentileza” e do projeto “AMAR, um Ponto de Cultura”

  11. […] https://mition.wordpress.com/2008/08/16/profeta-gentileza/ […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: